Como Funciona um Financiamento de Moto

Financiar uma moto vai além da burocracia do sistema de crédito, é preciso se atentar a documentação exigida e também ao valor da entrada se for o caso.

Nós do CrediFácil Brasil vamos explicar as informações mais relevantes sobre esse assunto. Mas lembre-se: nós não temos parceria com nenhuma instituição bancária, somos apenas um blog informativo 😃

Sabemos que ter uma moto é um grande sonho para algumas pessoas, até porque ela poderá servir para trabalhar, passear ou somente para adiantar tarefas do dia-a-dia!

Separamos 6 informações importantes que todas as pessoas deveriam saber antes de compra de uma moto através do financiamento.

1- Como funciona um financiamento de moto?

O financiamento de moto funciona da seguinte forma: o banco paga o vendedor o valor integral da moto a ser financiada, em seguida divide esse valor no número de parcelas que melhor se adaptem ao dia a dia do cliente.

O valor das parcelas é pago de forma de mensal e já veem embutidas as taxas e aplicações sobre o serviço.

Além disso é preciso dar de entrada um valor em dinheiro que corresponda a uma porcentagem do valor total da moto.

Quanto maior a entrada, mais rápido você quita o seu financiamento e menores são as taxas aplicadas.

É importante ter em mente de que a moto será a garantia do banco de que você irá realizar o pagamento das parcelas, em casos de inadimplências o banco poderá pegar a moto para si.

2- Tenha o CPF regularizado

Ter as contas em dia te auxilia não somente na hora de solicitar uma linha de solução de crédito, como também lhe permite ter maior autonomia.

Pessoas com negativações ou restrições no CPF dificilmente conseguirão o acesso a um financiamento de moto.

O banco sempre realiza uma análise do seu histórico de pagamento, avaliando seu orçamento mensal e averiguando se possui condições financeiras de aderir a dívida do financiamento.

Por isso caso se encontre negativado, procure primeiro resolver essa questão, busque uma negociação de dívida para quitar seus débitos o mais rápido possível e reconquistar a liberdade financeira.

3- Realize uma pesquisa sobre as condições de financiamento de cada banco

Realizar a análise de credito para escolher o melhor banco comercial ou o melhor banco de montadora segundo o seu perfil é fundamental para não “entrar numa fria”.

Por incrível que pareça as taxas de juros podem variar muito de banco para banco, bem como as condições de financiamento de uma forma geral.

Por isso sempre pesquise e realize simulações no maior número de lugares que puder para que na hora de escolher, faça a escolha certa!

4- Faça uma análise de cada banco de perto

Para entender a importância da utilização dos simuladores separamos esse tópico só para que você veja a diferença de valores trabalhados entre um banco e outro.

Caixa Econômica Federal: Suponhamos que a moto que deseja custe R$ 10 mil reais e que você deu uma entrada de R$ 3 mil reais com parcelas em 36 meses.

Nesse caso o cliente permanecerá pagando o financiamento por 03 anos, com parcelas de R$ 242,25 e taxas mensais de 1,24%.

Ao final, você terá pago só de financiamento o valor de R$ 8.721,00.

Banco Bradesco: Nesse caso, estaremos financiando a mesma moto, daremos o mesmo valor de entrada e teremos o financiamento também em 36 meses.

Porém o banco Bradesco possui uma taxa mensal de 4,81%, o que levaria as parcelas a custarem R$ 412,77.

Ao final, você terá pago só de financiamento o valor de R$ 14.859,72.

5- Junte o máximo de dinheiro que puder para a entrada

Alguns bancos financiam até 100% o valor da moto, mas somente se a mesma for zero.

Na maioria dos casos a entrada é uma exigência para dar continuidade ao processo de financiamento.

O valor a ser cobrado varia de moto para moto, ou seja, tudo dependerá do modelo, ano, quilometragem e preço da moto para a determinação do valor de entrada

Entendemos que para muitas pessoas é um desafio conseguir guardar dinheiro, mas ainda assim é importante avaliar as taxas de juros e condições de acordo com o valor da entrada ou através do financiamento integral.

6- Separe todos os documentos necessários

Após pesquisar e escolher o financiamento que deseja solicitar e programar as suas finanças, separe as suas documentações como RG, CPF, comprovante de residência atualizado e os comprovantes de renda, compareça no banco de sua escolha e solicite uma análise.

Informações para contato, telefone e endereço

Confira os principais endereços dos bancos mencionados nesse artigo:

Endereço da Sede do Banco da Caixa Econômica Federal fica: SBS Quadra 4 Bloco A, Lotes 3/4 – Asa Sul, Brasília – DF CEP: 70232 – 550. Telefone: (61) 3212-9350 ou 0800 726 010.

Encontre uma agência da Caixa mais próxima de você: www.caixa.gov.br

Endereço da Sede do Banco do Bradesco fica: Cidade de Deus – Vila Yara – CEP: 06002-900 – Osasco, SP. Telefone: (11) 3684-4240 ou 0800 704 8383.

Encontre uma agência do Bradesco mais próxima de você: www.bradesco.com.br

Ainda ficou com alguma dúvida? Deixe o seu comentário. Será um prazer poder ajudar!

2 comentários em “Como Funciona um Financiamento de Moto”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.