Quero Adiantar Parcelas do empréstimo, como faço?

Se você quer Adiantar Parcelas de empréstimo mas ainda não sabe como acompanhe este artigo esclarecedor.

Veja se vale ou não a pena antecipar as parcelas da sua dívida e mantenha as suas finanças em dia evitando o pagamento de juros para as lojas e bancos.

Quero Adiantar Parcelas do empréstimo, como faço?

Quem visa Adiantar Parcelas para quitar uma dívida precisa entender primeiro se essa é uma alternativa viável.

O lado positivo é que segundo o Código de Defesa do Consumidor (CDC), o direito de desconto sobre as taxas de juros inclusas nas parcelas é garantido para o consumidor que emprestou dinheiro de uma instituição financeira.

Se for pesar na balança considerando retirar o dinheiro da poupança para antecipar as parcelas, a ação pode te ajudar a amortizar a dívida porque seus juros são altos e a poupança tem um rendimento muito baixo.

Como calcular a taxa de desconto quando se trata de Adiantar Parcelas

Há uma fórmula de cálculo para o desconto de um adiantamento de parcelas do financiamento ou empréstimo, e ele se dá por meio da TMS (Taxa Média Selic).

Para calcular o desconto, você precisa considerar a Taxa contratada menos a TMS da data que foi feita a contratação mais a TMS considerando a data da liquidação, que vai resultar na taxa de desconto.

Quando o período analisado do cálculo a taxa Selic estiver maior do que a taxa contratada, o desconto da quitação da dívida vai ser maior.

Adiantar Parcelas do financiamento é vantajoso?

Se as parcelas estão tirando uma grande parte de sua renda mensal, Adiantar Parcelas pode ser muito vantajoso caso os juros cobrados pelo empréstimo ou financiamento forem baixos.

Para quem vai liquidar as dívidas todo cuidado é pouco, porque por exemplo, se a Selic estiver alta o contratante pode ter de arcar com um novo empréstimo contendo juros maiores.

Então você só terá vantagem no adiantamento de parcelas se estiver certo de que novos empréstimos não serão necessários daqui há alguns meses.

Informações úteis sobre a antecipação de parcelas

Na internet você encontra uma calculadora online que te auxilia no cálculo do desconto, onde basta colocar seus dados do contrato na fórmula.

Assim, automaticamente a conta é feita e você consegue averiguar se vai ser benéfico para seu bolso usar um dinheiro extra ou o 13º salário para quitar o financiamento mais cedo.

Caso a possibilidade seja positiva, você terá que contatar a instituição de onde o empréstimo foi contemplado e discutir os números informando a intenção de negociação, podendo ainda rebater os cálculos que te passarem e aí negociar.

Posso sacar o meu FGTS para usar no financiamento?

Com as novas regras em cima do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) você deve estar se perguntando se seria uma boa ideia utilizar o dinheiro para abater as parcelas.

É interessante levar em conta essa oportunidade de usar o valor do FGTS por causa de dois pontos principais:

  1. Seu rendimento é muito baixo então não é uma aplicação financeira.
  2. Ao diminuir ou quitar as parcelas, você não pagará mais juros.

Leia também: 

Empréstimo de R$ 500 a R$ 3500

Aprenda a Presentear sem Se Afundar em Dívidas

Entretanto, dê atenção a precisão dessa quantia para outras ocasiões como a perda do emprego, uma vez que o FGTS é considerado pelos especialistas como uma reserva financeira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *